Ambiente interativo para trabalhar as 4 refeições diárias

1. Explicação e fundamentação do ambiente

Ambiente "As refeições"

Ambiente "As refeições"

O ambiente intitula-se «As refeições» e foi construído por 2 formandas no âmbito da Oficina de Formação “Dificuldades de Comunicação e Linguagem: Comunicar com Símbolos“, realizado em Santa Maria da Feira.  Nele são abordadas as quatro refeições principais do dia, destacando-se os símbolos mais significativos de cada uma delas.

O ambiente construído permite  a utilização de comutadores ou, na ausência dos mesmos, a utilização de teclas de atalho para fazer varrimento (Enter) e seleção (Barra de espaços).

Para um dos alunos o uso do teclado para a seleção das opções corretas facilitou a sua tarefa, uma vez que manifesta alguma agitação motora devido ao seu comportamento impulsivo.

O uso de apenas 2 teclas permitiu avaliar com mais segurança o tempo de resposta e a capacidade do aluno em executar ordens diferentes e consequentemente obter respostas.

Para o outro aluno a utilização a utlização das teclas facilitou a aquisição de competências básicas e permitiu-lhe a perceção das relações de causa e efeito. Inicialmente, manifestou alguma confusão no uso das teclas do computador em vez do rato, mas depois de compreender a funcionalidade de cada uma delas evidenciou mais confiança, segurança na realização da tarefa proposta.

Conclusão: a utilização dos comutadores proporciona o desenvolvimento de diferentes competências e potencializa a exploração de funcionalidades diversas para um mesmo objeto e/ou tarefa.

2. Destinatários do ambiente

  • Aluno com 16 anos, a frequentar o 7º ano de escolaridade. Este aluno apresenta limitações graves a nível do funcionamento intelectual. Está abrangido pelo Decreto – lei 3 de 2008, beneficiando da medida educativa Currículo Especifico Individual.
  • Aluno com 7 anos, que frequenta o 2º ano de escolaridade, com o diagnóstico de atraso global de desenvolvimento e dificuldades acentuadas de linguagem e comunicação. Encontra-se ao abrigo do decreto – lei 3 de 2008, usufruindo da medida educativa Adequações Curriculares Individuais.

3. Objetivos do ambiente

  • Motivar para a aprendizagem;
  • Adequar o ambiente à funcionalidade do aluno;
  • Usar as acessibilidades como um facilitador das aprendizagens;
  • Expandir vocabulário relacionado com o tema;
  • Conhecer alguns alimentos adequados a cada uma das refeições diárias;
  • Adquirir noções temporais;
  • Favorecer as rotinas diárias;
  • Fomentar a comunicação;
  • Recorrer às T.I.C. como recurso à aprendizagem;
  • Partilhar experiências;
  • Adquirir noções básicas para a sua funcionalidade nos diferentes contextos.

4. Pré-requisitos de utilização

  • Necessita de ter o software “Comunicar com símbolos” instalado no seu computador

5. Créditos

  • Formandas: Anabela Fernandes e Cristiana Príncipe
  • Oficina de Formação “Dificuldades de Comunicação e Linguagem: Comunicar com Símbolos” dinamizada pelo Centro de Formação Imagina em Santa Maria da Feira

de 04/03 a 14/04/2012


 

Colocado no dia: 19 Junho 2012 às 17:02

Tags: , ,


Comentários


Deixe um Comentário

É necessário estar registado para escrever um comentário.

Caso ainda não se tenha registado poderá registar-se em: http://www.cnotinfor.pt/registo


Subscrever via RSS





  • Comunidade Imagina



  • Criar conta gratuitamente
    Esqueceu a sua password?
    • Print
    • email
    • Twitter
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • del.icio.us
    • LinkedIn
    • RSS



    Áreas

    acessibilidade alfabetização aprendizagem aprendizagem do inglês artigos aventuras Aventuras 2 cidadania ciências comunicar com símbolos comunicação comunicação alternativa educação especial formação geografia história histórias inclusão inVento investigação Já Está já está 2 Laboratórios Virtuais leitura linguagem língua portuguesa línguas estrangeiras mapa de ideias matemática música necessidades especiais NXT pesquisa poesia pt-BR pt-PT quadros interativos robot roamer Robótica sopa decimal soundbeam symbolinc symbol lab símbolos tecnologia assistiva