Reescrever uma lenda

Reescrever uma lenda

Esta actividade pode ser desenvolvida no 2º Ciclo, no âmbito da disciplina de Língua Portuguesa. Permite desenvolver as mais diversas competências, tais como:

  • Descobrir a multiplicidade de dimensões da experiência humana, através do acesso ao património escrito legado por diferentes épocas e sociedades e que constitui um arquivo vivo da experiência cultural, ientifica e tecnológica da Humanidade;
  • Exprimir-se oralmente e por escrito de forma confiante, autónoma e criativa;
  • Comunicar de forma correcta e adequada em contextos diversos e com objectivos diversificados.

Sugestões:

  • Dar um fim diferente a uma lenda já conhecida, por exemplo, a de D. Pedro e D. Inês;
  • Reescrever a lenda, imaginando como seria se ela acontecesse nos dias de hoje.

Organização do trabalho na sala:

  • Em grupos, as crianças pesquisam no À Descoberta de Coimbra dividindo tarefas, sobre a lenda de
    D. Pedro e D. Inês;
  • Pesquisar em Lendas “O amor de Pedro e Inês”;
  • Estabelecer com o grupo um tempo limite para o término da actividade;
  • Organizar a informação recolhida;
  • Escrever a lenda, de modo a que esta esteja o mais completa possível;
  • Dividir os vários grupos pelas seguintes tarefas:
  • Parte dos grupos vão continuar a escrever a história, imaginando como seria se a D. Inês não tivesse sido assassinada;
  • Os restantes grupos vão reescrever a história imaginando como seria se D. Pedro e D. Inês se tivessem conhecido nos dias de hoje;
  • Cada grupo deve escolher um porta-voz para fazer a apresentação
  • À medida que as crianças vão terminando, pedir-lhes ajuda para que ordenadamente começarem a mudar a disposição da sala (de modo a que todas as crianças tenham visibilidade para o local onde se vão apresentar os trabalhos de grupo, de forma a evitar distracções paralelas).
  • Terminada esta tarefa, o porta-voz de cada grupo dirigir-se-á para o local combinado e apresentará o seu trabalho à restante turma.
  • Posteriormente, poderá aproveitar estes textos produzidos pelos alunos e pedir-lhes que os dramatizem. Neste caso, poderá fazer uma lista de vocabulário da época, sugerindo que as crianças o utilizem nos seus diálogos e deverá fornecer alguns adereços para que a representação se torne mais interessante.

 

Colocado no dia: 12 Abril 2006 às 13:10

Tags:


Comentários


Deixe um Comentário

É necessário estar registado para escrever um comentário.

Caso ainda não se tenha registado poderá registar-se em: http://www.cnotinfor.pt/registo


Subscrever via RSS





  • Comunidade Imagina



  • Criar conta gratuitamente
    Esqueceu a sua password?
    • Print
    • email
    • Twitter
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • del.icio.us
    • LinkedIn
    • RSS



    Áreas

    acessibilidade alfabetização aprendizagem aprendizagem do inglês artigos aventuras Aventuras 2 cidadania ciências comunicar com símbolos comunicação comunicação alternativa educação especial formação geografia história histórias inclusão inVento investigação Já Está já está 2 Laboratórios Virtuais leitura linguagem língua portuguesa línguas estrangeiras mapa de ideias matemática música necessidades especiais NXT pesquisa poesia pt-BR pt-PT quadros interativos robot roamer Robótica sopa decimal soundbeam symbolinc symbol lab símbolos tecnologia assistiva